Notícias

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o secretário da Educação, Gabriel Chalita, lançaram ontem o Escola da Juventude, programa para o supletivo do ensino médio, e anunciaram novidades. Entre elas está a concessão de uma bolsa mensal de R$ 60 durante um ano para auxiliar os alunos carentes, desde que comprovem a assiduidade na escola.

Um supletivo de ensino médio totalmente gratuito. Onde as aulas acontecem apenas aos fins de semana. E com vagas para todos os interessados. É o projeto Escola da Juventude.

Os diretores das escolas estaduais de São Paulo estabeleceram em votação, na última semana, que a carga horária dos alunos do ensino médio diurno vai aumentar de 25 para 30 horas semanais. A decisão prevê ainda a inclusão de aulas de filosofia, sociologia ou psicologia na grade.

Publicidade