Notícias

No mês em que se comemora o dia dos professores, a Universidade Estácio de Sá preparou uma maneira diferente de homenagear e agradecer o empenho de seu corpo docente. Cerca de 8 mil professores da Estácio assistiram, remota ou presencialmente, à palestra de Gabriel Chalita sobre o desenvolvimento de uma nova linguagem na relação professor e aluno.

Após teorizar, com mestres da filosofia e da semiótica, os conceitos que nortearam sua argumentação, Chalita demonstrou como esses fundamentos podem ser aplicados e instigou os professores a repensar suas relações de convívio, dentro e fora da sala de aula: "Quem é o mestre? É aquele que professa a crença na pessoa humana. É aquele que abre as janelas das possibilidades." Durante todo o encontro, Gabriel Chalita ressaltou a importância do papel do professor que, ao contrário do que muitos pensam, não é apenas um intermediador do conhecimento. É, também, aquele que ajuda a conduzir os sonhos dos alunos, é quem faz com que o outro perceba o que tem de melhor em si mesmo.

Fonte: assessoria de imprensa


 

Cerca de 300 alunos e professores do curso de Direito da FMU, em São Paulo, assistiram à palestra de encerramento da Semana Jurídica, proferida por Gabriel Chalita, sobre “Ética na construção do conhecimento”. Para elucidar esse conceito, Chalita recorreu às definições gregas e às suas respectivas aplicações práticas. Segundo Chalita, “A educação para a ética prepara o ser humano para o equilíbrio de aceitar que as vontades individuais não devem prevalecer.”  E dessa maneira, as relações humanas ocorrem de forma mais harmônica e justa, principalmente se baseadas em princípios éticos como a verdade, a dignidade e a generosidade. Diante desse cenário, o papel do profissional de Direito foi ressaltado pelo professor Chalita. 

A Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, é o maior evento literário do mundo. Todo ano, milhares de livreiros, editores, autores e leitores movimentam o universo da leitura e fomentam o diálogo cultural entre os países durante o encontro. Na edição deste ano, o professor Gabriel Chalita, membro da Academia Paulista de Letras, além de participar de apresentações culturais intermediadas pelos organizadores da Feira, ministrou uma palestra sobre “A semiótica na educação e o desafio da formação de novos leitores”. Inicialmente, Chalita destacou três elementos essenciais para que se alcance uma educação de excelência: a valorização do professor, o engajamento familiar na escola e a melhoria do currículo escolar.

Página 5 de 326

Publicidade